Sintomas da síndrome pré-menstrual

Síndrome dos ovários poliquísticos: sintomas e causas

A síndrome dos ovários poliquísticos (SOP) é um trastorno hormonal no qual aparecem quistos nos ovários. Isto sucede quando há um desajuste hormonal nos ovários ou nas glândulas suprarrenais e produz-se mais hormonas masculinas (Androgénios) do que o normal. Esta produção superior faz com que seja impossível a libertação do óvulo maduro e este enche-se de líquido, produzindo assim, em muitas ocasiões, os quistos. 

Geralmente desenvolve-se durante a adolescência ou em idade reprodutiva e as suas causas ainda são desconhecidas (tal como acontece com a endometriose), ainda que afete uma grande parte da população feminina.

 

Fatores que podem ter influência no surgimento da SOP

Ainda que não existam muitos estudos, um dos fatores que podem levar ao surgimento de SOP pode ser genético e hereditário. Também podem ter influência fatores ambientais como a alimentação, o estilo de vida, o excesso de peso ou o stresse. Todas estas causas provocam alterações hormonais que podem facilitar o surgimento da SOP.  

Consequências da síndrome dos ovários poliquísticos:

Esta alteração hormonal traduz-se em:

    • Ciclo menstrual irregular: A ovulação não se produz sempre no 14º dia do ciclo, pelo que a menstruação não aparece a cada 28 dias. As mulheres que sofrem de SOP não podem prever com exatidão quando vai aparecer o período. 
    • Acne e excesso de pelo (hirsutismo) em diferentes partes do corpo, ainda que possa também aparecer alopecia.
    • Excesso de peso: quando há excesso de kilos, pode aumentar a insulina no sangue e propiciar o excesso de hormonas masculinas que bloqueiam a ovulação. 
    • Infertilidade. As mulheres com SOP podem ter dificuldade em ficar grávidas e quanto tal acontece, podem sofrer de diabetes gestacional ou pressão arterial alta durante a gravidez, assim como abortos espontâneos ou partos prematuros.
  • Diabetes tipo 2 ou pré diabetes.
  • Apneia do sono.
  • Dor pélvica. 

 

A SOP tem tratamento?

Para diagnosticar a SOP utilizam-se os chamados critérios de Rotterdam e devem cumprir-se pelo menos dois deles:

  1. Anovulação e ciclos irregulares.
  2. Hiperandroginismo (excesso de pelo, acne ou alopecia). Devem excluir-se outras causas de hiperandroginismo antes de dar por válido este critério. 
  3. Polimicroquistos na ecografia ovárica. 

Para abordar o tratamento da Síndrome dos Ovários Poliquísticos, por um lado, deve-se melhorar o estilo de vida e optar por hábitos saudáveis como uma boa alimentação, que seja equilibrada. Há alguns alimentos que são inclusivamente reguladores hormonais naturais como, por exemplo, as sementes de sésamo, os frutos vermelhos ou a uva negra. Começar a praticar desporto de forma moderada, caso não se realize nenhuma atividade física ou perder um pouco de peso se tal for recomendado (a SOP nem sempre se manifesta com aumento de peso) são outras recomendações para manter controlada a SOP. 

Por outro lado, a pílula contracetiva pode ajudar a diminuir a SOP, pois como algumas pílulas contêm estrogénio e progestina, diminuem a produção de androgénios e regulam o estrogénio.

Compartir:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Posts relacionados

cambiar copa menstrual

Quando trocar o meu copo menstrual?

Quando trocar o meu copo menstrual? Como sei que já não tenho de usá-lo mais? É verdade que tem uma duração de 10 anos? Estas são algumas das questões que recebemos através dos nossos canais de apoio às utilizadoras. Embora o copo menstrual possa durar 10 anos, muitas mulheres consideram que é demasiado tempo, devendo trocá-lo antes,

Primeira menstruação após o parto

Primeira menstruação após o parto: quando e o que esperar?

A primeira menstruação após o parto não tem uma data de regresso específica. O regresso da menstruação depois de uma gravidez, do parto e do período pós-parto não é uma ciência exata. As hormonas de cada mulher afetam e atuam de modo diferente. Um fator importante para realizar os cálculos é se o seu bebé

Menstruação dolorosa

Menstruação dolorosa: quando e porquê

Uma menstruação dolorosa é um sintoma de que algo não funciona corretamente. Uma menstruação saudável deveria significar ausência de dor; poderá existir desconforto e incómodo, incluindo nos dias anteriores, porém, a dor não deverá ser incapacitante nem condicionar o dia a dia. O termo que designa as dores durante a menstruação é dismenorreia, que apresenta

Copa menstrual y primera menstruación

Copo menstrual e primeira menstruação, uma boa combinação

Usar o copo menstrual na primeira menstruação é possível. Não há contraindicações para que uma mulher utilize enna cycle no início da vida menstrual. O tamanho S e, especialmente, o tamanho S short do starter kit podem adaptar-se facilmente às características das adolescentes.    3 motivos para usar o copo menstrual desde a primeira menstruação

cuánto dura la menstruación

Quanto tempo dura a menstruação?

Quanto tempo dura a menstruação? Existem tantas respostas quantas as menstruações. Embora a média seja de 4 a 5 dias, isso não significa que seja sempre assim ou em todos os ciclos.  Os dias de sangramento, que vão de 2 a 7, são considerados uma menstruação normal, mas, por outro lado, se forem mais do